Beauty / 7 Comentários / 5605 Visualizações

Ingredientes tóxicos dos cosméticos: Aprenda a consultar online

mar 19 / 2017 12:00AM

Eu consigo visualizar a cena: você entra numa loja de cosméticos, farmácia ou mercado e não sabe mais o que escolher, a preocupação com o que consome já é algo natural e o rótulo pisca como letreiro luminoso de cassino em Las Vegas. Busca por fórmulas simples, produtos com uma composição mais enxuta, tenta encontrar siglas que ouviu dizer serem componentes preocupantes, reconhece algumas palavras que, na maior parte das vezes, não estão escritas em sua língua: paraben, aluminum, petrolatum, parfum… Até lembra porque um ou outro ingrediente é tão ruim, mas como não é nenhum químico ou profissional da área, entender de fato aquele rótulo parece algo muito complexo, e se justo o item que não consegue identificar for altamente tóxico? A paranóia toma conta, logo você que está em busca de uma vida mais saudável se vendo numa situação assim pra comprar um simples cosmético. O fato é que a procura por cosméticos seguros pode ser um processo estressante, principalmente se você não entende muito bem do assunto.

teclado

Poder consultar de forma fácil e rápida os componentes presentes nos cosméticos que usa, seria o melhor dos mundos. Melhor ainda se você pudesse andar com um detector de cosméticos tóxicos a tiracolo, saber se aqueles cosméticos ou ingredientes que os compõem são perigosos de um modo geral, se têm potencial cancerígeno, de desenvolvimento, toxicidade reprodutiva, ou alguma restrição de uso. Sua felicidade estaria completa se estas informações viessem de fontes seguras, com base em estudos disponíveis na literatura científica. Poder optar por produtos e marcas com fórmulas mais tranquilas seria o melhor dos mundos, e é.

Environmental Working Group – EWG é uma organização sem fins lucrativos e não-partidária, dedicada a proteger a saúde humana e o meio ambiente, através da acessibilidade a informação qualificada. Por meio de seus relatórios, bases de dados online, aplicativos móveis e campanhas de comunicação, consegue educar e capacitar os consumidores a tomar decisões mais seguras e conscientes, tornando possível optar por vidas e meio ambiente mais saudáveis. Mas como? A organização criou o Banco de Dados EWG’s Skin Deep®, onde é possível ter acesso aos conteúdos detalhados sobre cada ingrediente presente nos cosméticos que você usa, facilitando a decisão de se proteger e à sua família da exposições diárias às químicas nocivas dos cosméticos.

O banco de dados fornece uma classificação fácil de entender para uma ampla gama de ingredientes e produtos do setor cosmético. Como não poderia ser perfeito, tanto o site, como sua base de dados e aplicativo, não estão disponíveis em português, o que não é um problema para consultar os ingredientes, já que, por questão de padronização, as marcas, em sua maioria, colocam suas fórmulas em nomenclatura internacional, o grande limitante para quem está no Brasil acaba sendo quanto aos produtos cadastrados nesta base de dados, que em sua maioria não são nacionais.

O Skin Deep® foi lançado em 2004, para criar perfis online de cosméticos e produtos de cuidados pessoais, esclarecendo os seus potenciais perigos à saúde e assim capacitando pessoas para tomada de decisões mais seguras sobre os produtos que compram e as empresas que apoiam. O objetivo é preencher onde a indústria e o governo deixam de fora. Iniciativas como essas irão fortalecem o coro para forçar a indústria a repensar os cosméticos que nos são ofertados nos mercados, farmácias e lojas especializadas, assim o acesso aos cosméticos do bem será muito maior.

Segundo o EWG:

“As empresas podem usar quase qualquer ingrediente que desejem. O governo dos EUA não revisa a segurança dos produtos antes de serem vendidos.”

Como consultar no EWG online

Agora vamos ao que interessa, aprender a usar a ferramenta e poder fazer suas consultas antes de adquirir produtos sem saber os riscos presentes. Vamos lá?!

A utilização da versão online é muito simples, basta digitar ou copiar e colar, o nome do ingrediente, produto ou marca, que deseja pesquisar, na caixa de busca igual a esta abaixo, que está em destaque na página EWG Skin Deep®.

busca-ewg

Pronto! Assim terá acesso à informações detalhadas do que acabou de ser pesquisado, que será avaliado em uma escala de 1 a 10 quanto ao risco à saúde, conforme a legenda abaixo:

tab-de-risco-ewg

Esta classificação foi desenvolvida com base em critérios estabelecido pela equipe multidisciplinar do EWG, na confecção dos parâmetros quanto aos riscos gerais e específicos do produto ou ingrediente pesquisado. São levados em consideração fatores como:  risco geral, de câncer, de desenvolvimento e toxicidade reprodutiva, alergias e imunotoxicidades e restrições de uso. Outro ponto importante a se observar é quanto ao número de dados científicos sobre o ingrediente/produto pesquisado. Para definir isto o EWG criou a seguinte escala:

None – Quando não existem estudos disponíveis na literatura científica aberta
Limited – Quando existem números limitados de estudos disponíveis na literatura científica aberta
Fair – Quando existe um número razoável de estudos disponíveis na literatura científica aberta
Good – Quando existe um bom número de estudos disponíveis na literatura científica aberta
Robust – Quando existe um número enorme de estudos disponíveis na literatura científica aberta

Resolvi buscar o produto abaixo, que foi classificado pelo EWG com risco alto, numa escala de 1 a 10. Outro ponto que também devemos levar em conta, é quanto ao número de estudos sobre os compostos presentes na fórmula, que nesse caso é limitado, como pode observar logo abaixo do número 7. Se deseja ver a avaliação detalhada para este produto, clique aqui.

garnier-nut

Como usar o app

EWG’s Healthy Living permite avaliar mais de 120.000 produtos de higiene pessoal e alimentos, na palma da sua mão.  Você pode fazer a sua busca pelo nome do produto, escaneando o código de barras ou pesquisando por categoria de produtos. Confere o vídeo:

Utilizar o aplicativo é muito simples e intuitivo. Na tela principal você encontra o campo de busca escrito Product Name, onde irá buscar pelo produto desejado. Logo abaixo a opção Scan torna a câmera do seu smartphone um leitor de código de barras, que ao posicionar o quadrado de leitura ele identificará o produto e mostrará a avaliação completa de cada ingrediente dele. Em seguida a opção Browse te direcionará para algumas categorias de produtos, e na parte superior esquerda acessará o Menu do App.

ewg1

ewg

Percebi que ao tentar ler o código de barras de produtos arredondados, o leitor não conseguiu escanear o código, e o que restou foi buscar pelo nome do produto.

O App é gratuito e possui versão para Apple e Andoid. É só clicar e baixar 😉

Como criar seu relatório para um cosmético não cadastrado no EWG

Vou detalhar como desenvolver o seu próprio relatório para produtos que não estão disponíveis na base de dados online do EWG. Atualmente são mais de 60.000 produtos cadastrados, porém são poucos os cosméticos brasileiros que você encontra por lá. Para gerar seus relatórios, vai precisar fazer um cadastro simples – apenas e-mail e senha – neste link aqui. Você vai preencher campos iguais ao da imagem abaixo:

cadastro-ewg

Logo em seguida vai aparecer a tela abaixo, nela você vai clicar no link Build your own product report para criar seu relatório do produto desejado:

pesq-ewg

Irei ensinar a preencher o formulário de forma simplificada, apenas com o objetivo de chegar à análise do produto desejado, por isso, só preencherei os campos obrigatórios.

Escolhi o Corretivo Rosê Médio da Alva para avaliar. Agora vamos preencher os seguintes campos: Product & Label Information – com nome e marca do produto -, Product Directions – aqui basta assinalar a opção directions not available, e em Product Categorization selecionar a(s) categoria(s) em que o produto se encaixa. Nesse caso um corretivo/concealer.

relatorio-ewg

Todos os campos seguintes são dispensáveis, exceto o campo Ingredients Exactly as Listed on the Label – preencha aqui os ingredientes presentes na composição do produto desejado. Agora é só clicar em Save & continue to step 2.

relatorio-ewg-2

Em seguida clique em Save & continue to step 3.

relatorio-ewg-3

Abaixo, pode notar que em Ingredients Not Found in the Datebase o sistema acusou que dois itens não foram encontrados na base de dados, você pode seguir em frente assim mesmo, e ignorar esses componentes, ou pode tentar encontra-lo(s) na base de dados do EWG – abrindo uma nova aba e buscando pelo nome do(s) composto(s), conforme eu ensinei em Como Consultar no EWG Online, ou pesquisando no google pelo nome do item desejado seguido da sigla EWG.

relatorio-ewg-4

Esta é a parte mais chatinha da geração de seu relatório, pois um erro ou variedade de nomenclatura, pode fazer com que você precise encontrar o nome correto, retroceder esta etapa, para só assim dar seguimento ao processo sem ignorar nenhum ingredinte.

Pesquisando por “ORIZA SATIVA EWG” no google, acabei encontrando o item ORYZA SATIVA (RICE) GERM POWDER e buscando por “POLYSACCHARID”, descobri que na verdade escreve-se POLYSACCHARIDE. Sendo assim voltei uma etapa e corrigi os nomes dos ingredientes, em seguida cliquei em Save & continue to step 3.

relatorioe-ewg-5

Agora aparecerá uma lista com todos os ingredientes encontrados na base de dados, clique em Save & continue to step 4, conforme imagem abaixo:

relatorio-ewg-6

Clique em View your product report e visualize seu relatório detalhado para o produto desejado.

relatorioe-ewg-7

Confira a análise detalhada do Corretivo Rosê Médio Alvaaqui. Vale ressaltar que embora o item PARFUM apareça na composição e se apresente altamente tóxico, a Alva relata não utilizar fragrâncias sintéticas em seus produtos, sendo assim sua fórmula é bastante segura e confiável, já que todos os outros itens foram avaliados como de baixo risco.

relatorio-corretivo-rose-alva-ewg

Conclusão e Opinião de Especialista

Embora o EWG’s Skin Deep® seja uma ótima ferramenta para consulta de cosméticos e ingredientes, a farmacêutica e especialista em cosmetologia natural Mona Soares faz algumas ressalvas quanto aos critérios utilizados para classificar alguns ingredientes. Segundo Mona, algumas moléculas presentes nos óleos essenciais, que costumam apresentar algum grau de toxicidade no EWG, podem fornecer algum risco, de fato, quando são utilizadas na forma sintética ou quando os óleos essenciais que contém tais moléculas são utilizados em grande quantidade, embora não descarte a possibilidade de alergias, que teriam que levar em conta as sensibilidades individuais.

No mais, esta é uma ferramenta bastante útil e fácil de usar.

Se você quer realmente ter autonomia na hora de fazer suas escolhas, informação e aprofundamento são sempre importantes.


REFERÊNCIA:

SKIN DEEP. Disponível em <http://www.ewg.org/>. Acesso em 5 Novembro 2016.




  Por Camila Soares

Comunicóloga e adepta do slow lifestyle. Escreve sobre a estilo de vida, beleza, saúde, marketing, comportamento, empreendedorismo, e mais o que vier, sempre com foco em conteúdo para quem quer um dia a dia mais leve, saudável e contemplativo.🌿 camila@slowlifestyle.com.br

Veja mais

Comentários (7)


[…] LEITURA SUGERIDA: APRENDA A UTILIZAR O EWG PARA AVALIAR O GRAU DE TOXICIDADE DOS SEUS COSMÉTICOS […]

Responder
 Mona Soares  9 de setembro de 2018

Esse texto é muito bom e completo ! O link irá constar no livro que estou escrevendo sobre cosméticos naturais.

Responder
 Camila Soares  9 de setembro de 2018

Eba!!! não vejo a hora de ver esse livro 😉

Responder
 Gabrielle Mariano  14 de setembro de 2018

Ameeei a dica, muito interessante. Estou aqui sonhando como seria se as pessoas utilizassem mais esse app. O texto está excelênte!!!

Responder
 Camila Soares  18 de setembro de 2018

Né?! Facilita muito na hora de pesquisar, não vejo a hora de ter mais marcas que vendem no brasil catalogadas no banco de dados do EWG. E que bom gostou do texto 😉

Responder
 Graziele  14 de setembro de 2018

Achei sensacional a dica. Muito obrigada!

Responder
 Camila Soares  18 de setembro de 2018

Que bom gostou, Grazi ☺️

Responder

Deixe um comentário

Inscreva-se aqui para receber nossa últimas atualizações